sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Entrevista a Joanna Saunders, fundadora da Sew & Saunders


Ao longo deste ano iremos trazer-lhe entrevistas a artistas, que contribuíram com desenhos e bordados para a nossa Coleção de Designers dos novos esquemas de bordado disponíveis na nossa loja.
Para começar apresentamos-lhe Joanna Saunders, fundadora da loja de bordado online, Sew & Saunders. Os seus modelos, incríveis e verdejantes tributos à natureza, são os parceiros ideais para os vibrantes fios da DMC. É com enorme prazer que temos o seu trabalho na nossa Coleção de Designers.


Quem a ensinou a bordar?
A minha mãe ensinou-me a bordar quando tinha 6 anos numas férias na Grécia. A minha irmã tinha encontrado uma mala que gostava, mas não gostava do logo. A minha mãe comprou a mala e umas meadas e bordou uma linda flor por cima do logo. Implorei à minha mãe que me ensinasse para poder acrescentar uma flor mais pequena à mala, fiquei apaixonada pelo bordado desde aí.


Olhando para trás, o que significou isso para si?
Olhando para trás para todos os meus esforços criativos, desde estudar design de moda até ao lançamento da minha empresa de bordado, sempre me inspirei muito na minha mãe e na minha avó e é muito importante para mim ter aprendido esta técnica que adoro com alguém tão especial para mim. Penso muitas vezes na minha mãe e na minha avó, quando bordo – são as duas mulheres mais talentosas que conheço!


O que acha que a fez ficar “presa” ao bordado?
O dia, que está mais presente na minha memória, foi um dia do meu primeiro ano na universidade, quando estudava design de moda. Encontrei um pedaço de juta e procurei lã para ver se conseguia criar uma peça que tinha imaginado. Acho que não parei de bordar desde aí!
Para mim bordar é mágico, pegar em tecidos velhos e humildes e dar-lhes uma nova vida e “personalidade” através do bordado. Pegar num pedaço de tecido, que toda a gente acha que é para deitar fora e transformá-lo numa obra de arte através do trabalho manual, para mim isso é magia.


Já transmitiu os seus conhecimentos de bordado a mais alguém?
Espero ter a oportunidade de ensinar bordado aos meus filhos um dia. Vou certificar-me que entendem o valor dos trabalhos manuais, mesmo que não queiram pegar numa agulha!


Porque pensa que é tão importante transmitir esses valores?
Acredito que é sempre bonito transmitir alguma coisa, que é especial na sua família, mas isso é ainda mais importante numa arte manual como o bordado, as técnicas artesanais necessitam de um empurrão para se manterem vivas nas gerações mais jovens. A minha avó ensinou-me a coser antes de eu estudar design de moda e ainda hoje, quando coloco o fio na agulha da máquina, penso na minha avó e fico muito grata por essa recordação.


Qual o seu ponto de bordado e a sua cor DMC preferidos?
Pergunta difícil! Diria que é o ponto lançado e a cor Mouliné 319, porque é o verde floresta mais perfeito que há.


Onde se inspira?
Em designers de moda e fotógrafos, uma das maiores inspirações para o meu trabalho é Tim Walker. Walker é muito conhecido por criar textura/cor e por criar estados de espírito numa foto -  a sensação eclética dos seus sets inspira-me a criar paletes vibrantes com muita textura e profundidade.



Obrigada Joanna por iniciar a nossa série de entrevistas! Não deixe de ver e descarregar todos os modelos de Sew & Saunders na nossa loja online e fique atenta para mais entrevistas a talentosos artistas da agulha.


Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...