quarta-feira, 27 de Agosto de 2014

Workshops FIA 2014 – Sapatinhos de bebé em tricô

Tal como já referimos anteriormente, ao longo deste mês iremos partilhar consigo os vários modelos e desenhos apresentados nos workshops da DMC na Feira Internacional de Artesanato 2014.
Se gostava de ter participado, mas não conseguiu, deixamos-lhe aqui o passo-a-passo destes bonitos trabalhos para que os possa realizar na calma do seu jardim ou do seu local de inspiração.

Para todas as mães, futuras mães, avós, tias, primas, madrinhas ou amigas, deixamos hoje uma ideia para o tradicional enxoval do bebé. Uns mimosos sapatinhos para os seus príncipes com a nossa lã 100% merino Woolly!
´

A qualidade do Woolly provém das fibras finas e longas da lã merino selecionadas, que lhe conferem uma suavidade extrema e um toque muito agradável. É uma fibra ativa, ou seja, reage às mudanças de temperatura do corpo, conservando o calor, quando está frio e o fresco, quando o tempo está quente. Não pica nem cria borbotos. Além disso é muito fácil de trabalhar e adequa-se a qualquer tipo de roupa ou acessório.


Material Necessário:
- 15g de Woolly em cor à escolha
- Agulhas de tricô Nº 3,5



Como fazer?
Montar 39 malhas (m).
1. Todas as malhas em liga.
2. 2 m, 1 aumento, 16 m, 1 aumento, 2 m, 1 aumento, 2 m, 1 aumento, 16 m, 1 aumento, 2 m, 1 aumento.
3. Trabalhar as malhas como se apresentam.
4. 3 m, 1 aumento, 18 m, 1 laçada, 1 m em meia, 1 laçada, 18 m, 1 aumento de 3 m.
5. 20 m, 1 laçada, 1 mate de 3 malhas, 1 laçada, 22 m.
6. 22 m, 1 laçada, 1 mate de 3 malhas, 1 laçada, 22 m.
7. Trabalhar as malhas como se apresentam.
8. Trabalhar as malhas como se apresentam.
9. Trabalhar as malhas como se apresentam.
10. 23 m, 1 laçada, 1 m, 1 laçada, 23 m.
11. 24 m, 1 laçada, 1 mate, 1 laçada, 24 m.
12. 19 m em liga, 11 m em meia.

Virar o trabalho e só trabalhar as 11 m, matar do lado.



Agora mãos-à-obra! E não se esqueça de partilhar connosco o resultado final na nossa página do facebook!

domingo, 24 de Agosto de 2014

Workshops FIA 2014 – Malas em Croché

Para quem não pôde participar nos workshops DMC gratuitos realizados na FIA 2014, não se preocupe. Pode realizar os trabalhos durante as férias no seu local de inspiração.
Ao longo deste mês partilhamos consigo os modelos dos workshops realizados na feira.


Hoje apresentamos-lhe mais dois modelos, desta vez umas bonitas malas em croché. As malas em croché são ideais para usar no verão e dar um look original e colorido, sejam lisas ou às riscas. Combine esta moda com a sua paixão por croché e realize você mesma uma mala nas suas cores favoritas com o nosso novíssimo e moderno Natura XL.


O Natura XL é o irmão mais velho do já famoso Natura Just Cotton, da mesma família mas com uma grossura maior. É 100% algodão, como o seu precedente, de fibras longas, penteado, mate e de qualidade superior. É produzido de um modo praticamente natural para obter o máximo volume e presença da fibra de algodão.

O Natura XL nasce com o lema "1 novelo= 1 hora de engenho", porque é ideal para trabalhos rápidos e vistosos, tanto em tricô como em croché, sejam de decoração, peças de roupa ou acessórios de moda. Basta saber que com um novelo se pode obter uma criação numa hora de tempo.

Material necessário:
- Agulha de croché nº5 (Mala Azul) e Agulha de croché nº6 (Mala Rosa)
- 1 novelo para cada mala, de Natura XL Just Cotton nas cores a seu gosto.

No esquema abaixo encontra o número de malhas e de carreiras necessário à execução da mala.

Esquema azul:





Esquema rosa:





Bom trabalho!

sexta-feira, 22 de Agosto de 2014

Workshops FIA 2014 – Flor em croché

Para os amantes de croché, este foi o modelo ensinado num dos workshops DMC dados pela experiente formadora da Academia DMC na Feira Internacional de Artesanato 2014.


O croché é uma técnica muito na moda, que nos dias de hoje se utiliza principalmente em acessórios. Deixamos hoje aqui uma ideia com Natura Just Cotton, que pode utilizar como pregadeira ou gancho ou colocar numa fita, bandolete ou mesmo num fio. O resultado é sempre fantástico!


A natureza inspirou-nos para criar a gama infinita de cores e texturas de Natura Just Cotton,  um fio suave de algodão mate, que lhe confere um aspeto moderno e elegante.
Pode trabalhar com um único fio, utilizar vários fios com a mesma cor para realçar a textura ou combinar várias cores diferentes. É uma linha ideal para a estação primavera/verão, fresco, natural e com cores muito modernas. Além disso, sejam quais forem as cores que escolher, todas combinam entre si.


Material necessário:
- 10g de Natura Just Cotton em cor a seu gosto
- Agulha de croché nº 2,5

Execução:
1ª Carreira: fazer um cordão com 65 malhas
2ª Carreira: nesse cordão executar 20 malhas em aberto
3ª Carreira: executar em cada malha em aberto 1 malha rasa, 5 malhas altas, 1 malha rasa.
Por fim para formar a flor, enrolar e prender com ponto escondido.



Voilá! Agora tire uma fotografia e partilhe o seu trabalho connosco na nossa página do Facebook!

quarta-feira, 20 de Agosto de 2014

Workshops FIA 2014 – Saquinho Bordado

Nos workshops da DMC na FIA 2014, dados pela excelente formadora da Academia DMC, foram abordadas diferentes técnicas de lavores, entre as quais o clássico bordado.


Hoje deixamos-lhe alguns desenhos para bordar nos seus saquinhos de cheiro com a nossa linha Perlé nas cores à sua escolha.



A linha Perlé é muito fácil de trabalhar e apresenta uma excelente capacidade de adaptação a uma grande variedade de tecidos e a diferentes pontos de bordado. É um fio penteado, chamuscado com chama e mercerizado duas vezes. É esta dupla mercerização, que lhe confere um precioso brilho de pérola. O fio é macio, sedoso, não cria pelo nem se enrosca.




Imprima os nossos desenhos, passe-os para o tecido, borde-os e ofereça um bonito presente aos seus familiares ou amigos!




Aproveite as férias e realize este projeto nas belas tardes de verão no jardim ou na praia.

Surpreenda-nos e partilhe connosco o seu trabalho!

sexta-feira, 15 de Agosto de 2014

Estojo bordado para e pelas crianças


A escola já terminou, mas daqui a um mês já está novamente de volta!
E que tal um projeto para as crianças neste verão? Jack & Kate sugere-nos um estojo bordado pelos mais pequenos com os seus próprios desenhos! O resultado fica perfeito com as cores dos lápis e dos lápis de cera, mas só precisam daquele toque especial.



Este trabalho é ideal para as crianças começarem a dar os primeiros passos nesta bonita técnica de lavores, o bordado.
Em algumas lojas é possível encontrar o estojo em
talagarça. No entanto, se não encontrar, faça-o você mesmo! A talagarça é ideal para os miúdos começarem a bordar, pois tem buracos maiores, facilitando assim o trabalho. Para tornar o trabalho ainda mais divertido, opte pelas nossas agulhas de plástico e a linha para tapeçaria Retors Mat Art. 89. Vai ver como eles vão gostar e divertir-se!

Material:
- Talagarça
- Fecho éclair
- Agulha de plástico
- Linha para tapeçaria Retors Mat Art. 89 nas cores à escolha





Os da Jack & Kate ficaram o máximo!

 
 
Agora é só por mãos à obra! E não se esqueça de partilhar connosco o resultado final na nossa página do facebook.

terça-feira, 12 de Agosto de 2014

Workshops FIA 2014 – Bolsa para chaves em croché

Este ano a participação da DMC na Feira Internacional de Artesanato em Lisboa deu-se através de animados e elucidativos workshops grátis dados por uma experiente formadora da Academia DMC todos os dias no stand da Editorial Nascimento.

Para aquelas que não tiveram oportunidade de participar, ao longo do mês de agosto iremos disponibilizar os modelos de todos os trabalhos abordados nos workshops.

O primeiro workshop apresentado foi na técnica de croché uma bonita e prática bolsa para chaves com o nosso Natura Just Cotton, um fio muito agradável para realizar trabalhos em croché e tricô.


O Natura Just Cotton é um fio de alta gama 100% algodão penteado de aspeto mate. As suas longas fibras uniformes conferem-lhe suavidade e resistência, assim como uma qualidade incomparável. Pode escolher entre 60 cores diferentes, tanto ténues como vibrantes, harmoniosas entre si, o que permite múltiplas combinações de acordo com as tendências da moda.


Material necessário:
- 25 g de Natura Just Cotton em cor a seu gosto.
- Agulha de croché nº 2,5



Como fazer?
No esquema abaixo encontra o número de malhas e carreiras necessário à execução da bolsa.


Voilá!



quarta-feira, 6 de Agosto de 2014

Entrevistámos a bordadeira Beni Rivas

Beni Rivas acaba de fazer 30 anos, é de uma aldeia de Ciudad Real (Torre de Juan Abad), mas vive em Madrid desde os 7 anos. Há pouco tempo descobrimos os seus bordados e adorámos a sua frescura e os seus detalhes. Hoje queremos apresentar-lha para que conheça também os seus trabalhos.


Quando começou a bordar e porquê?
Comecei a bordar mais a sério há um ano, mas estive sempre rodeada de linhas, modelos, máquinas de costura… da minha mãe e das minhas avós. Todos os verões eu e a minha irmã aprendíamos costura e tricô com a minha avó Benita.


O que gosta mais no bordado?
O que mais gosto no bordado é da simplicidade de uma agulha e uma linha e a infinidade de coisas, que se pode criar sobre um tecido ou qualquer outro suporte.


Já experimentou outras técnicas? Gostava de experimentar alguma?
Fiz malha há algum tempo, mas gosto mais de bordado. Gostava de experimentar o tear manual.


Também borda em ponto de cruz?
O ponto de cruz foi o que aprendi primeiro! Mas acabei por me cansar, agora faz-me lembrar um pixel 8 bits. Há esquemas muito simples e divertidos, como um “Grumpy Cat”! Há gente muito criativa.


Como prepara o bordado? Faz um esboço em papel antes ou começa a bordar diretamente no tecido? Utiliza alguma técnica para transferir os desenhos para o tecido?
Costumo fazer vários esboços em papel, outras vezes faço diretamente sobre o tecido. Às vezes também faço buracos sobre o desenho no papel, fixo-o com fita adesiva ao tecido e marco-os com lápis para me ajudar a visualizar o objeto no tecido. Também já utilizei papel vegetal amarelo, que é bastante útil. Já há algum tempo quero experimentar a caneta para bordado, que me vai ajudar a otimizar o tempo.


Sobre que superfícies costuma bordar?
Basicamente utilizo tecidos, mas também já trabalhei o bordado em cartão, fotografias… e quero experimentar em rede, madeira ou metacrilato perfurado.


Que tipo de linha utiliza?
A linha que mais utilizo é a Mouliné da DMC pelo acabamento e pelas cores. A minha mãe já a utilizava para bordar toalhas de mesa há 45 anos e é super resistente. Também utilizo linha preta de poliéster muito fina para os bordados com mais detalhes e contornos.


Alguma vez experimentou as cores fluorescentes do Mouliné Light Effects e o E940, que brilha no escuro?
Já os tenho! Ainda não experimentei o E940, mas tenho em mente um projeto com ele. Neste momento é apenas um turbilhão de ideias, como um vídeo “Quanto tempo precisa para enfiar o fio na agulha às escuras?”, uma ilustração que altere o significado com e sem luz… Ainda ando às voltas com isso. Para os fluorescentes gostava de brincar com a luz ultravioleta e a roupa.


Costuma bordar motivos pequenos muito detalhados. Quanto tempo leva a bordar por exemplo uns ténis numa almofada?
Ao princípio eram horas…Com o tempo passou para uma hora e um quarto mais ou menos. Vou para menos, mas algumas vezes faço mais detalhes e o tempo duplica.


Qual é o seu próximo projeto?
A minha intenção é continuar a bordar mas em tamanho maior. Também gostava de fazer uma tapeçaria com alguma ilustração…


Tem algum conselho para quem queira começar a bordar?
Uma das coisas, que me ajudou, foi bordar objetos relativamente pequenos. Preencher um bordado leva muito tempo. Quando demoramos horas com uma peça e a deixamos para o dia seguinte e seguinte e não a vemos terminada, poder ser um bocado frustrante. Na minha opinião, no início deve ser algo rápido e motivador: encontrar o objeto, desenhar, bordar e REPETIR!


Obrigada Beni pelos seus conselhos! Vamos estar atentas aos seus novos bordados. No site da Beni encontra mais dos seus trabalhos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...