quinta-feira, 14 de abril de 2016

Bordado a ouro


Detalhes, foto de Sebastian Marchante 

O bordado a ouro é um tipo de bordado que utiliza cabos de ouro (ou em medida inferior, prata). Este bordado é realizado normalmente sobre tecido, veludo ou seda. O motivo é desenhado sobre um tafetá forrado com tela forte.


Detalhes, foto de Sebastian Marchante

Alinhava-se a tela onde se vai bordar e cobre-se toda a superfície do desenho com fiozinhos de ouro ou prata grossos passados e seguros nas duas pontas. Para bordar desta maneira, deve-se fazer enchimentos para realçar, realizados com cartolina amarela ouro ou com cabos de torçal da mesma cor.
  

A característica principal do bordado com fio de ouro ou prata é que este nunca atravessa o tecido, ou seja, permanece estendido sobre a sua superfície e são pequenos pontos de fios de algodão amarelo para o ouro ou branco para a prata que os vão fixando.

Assim o fio de ouro é enrolado na broca, de onde o vão soltando à medida que o trabalho avança e a agulha segura-o com o fio de algodão, previamente encerado para lhe conferir dureza. 
 

Foto de Sebastian Marchante

Uma curiosidade sobre este bordado é que era sempre realizado por homens. Destacamos Juan Manuel Rodríguez Ojeda, que revolucionou toda a Semana Santa de Sevilha, não só como bordador mas também como desenhador.

 


Detalle estandarte Hermandad de Santa Clara




Fontes consultadas: Bordados em Oro Solano, Wikipedia, Pakili Benitez e Sebastian Marchante.





Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...