sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Bordado Madeirense


Para acabar o ano em grande, hoje deixamos aqui outro bordado típico português, o Bordado da Madeira.

O bordado madeirense tem origem no início do povoamento do arquipélago madeirense, mas só a partir de meio do século XIX é que começou a ser reconhecido como mercadoria em trocas da ilha com o exterior e entrou na economia local.

Miss Elisabeth Phelps (1820-1893), de nacionalidade Inglesa, mas residente na Madeira, foi considerada pioneira na abertura de caminho para o mercado britânico e desde então este produto deixou de ser apenas um produto caseiro, passando a ser considerado produto mercantil. Esta abriu uma pequena escola para mulheres e meninas, onde era ensinada a técnica de bordar, com desenhos próprios de Miss Phelps. Todos os lucros que esta obtinha com os bordados eram entregues aos trabalhadores das suas casas. 




Com a grande dimensão adquirida pelo negócio, surgiram casas e exportadores especializados no seu comércio, o que alterou radicalmente o sector produtivo da ilha. 




A garantia de qualidade e continuidade do fabrico e distribuição destes bordados passaram a ser controladas pelas Casas de Bordado em meados do final do século XIX e princípios do século XX. O aparecimento destas Casas teve cada vez maior interesse por parte dos estrangeiros, levando à transformação do processo artesanal em industrial.



FELIZ ANO NOVO 


Boas Festas e Felicidades são os votos da Equipa DMC

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...