quinta-feira, 12 de maio de 2016

Como bordar em Ponto de Cruz


O ponto de cruz está de volta! Há cada vez mais pessoas a fazer trabalhos maravilhosos com ele. A sua popularidade está em alta, porque é divertido, fácil de aprender e muito versátil. Pode bordar coisas lindas e artísticas com bastidor, decorar a sua casa ou fazer presentes para a família ou amigos. Se quiser subir a fasquia e passar de bordadeira “amadora” para “profissional” ou simplesmente divertir-se com um novo projeto, isto é para si! Veja este tutorial simples e aprenda esta técnica surpreendente.

Passo 1: Escolha o desenho e os materiais

Os desenhos de ponto de cruz apresentam-se em gráficos com grelhas de quadrados todos iguais, que correspondem aos quadrados perfeitos da tela Aida (tecido especial para bordar a ponto de cruz).
Cada quadrado do gráfico representa um ponto. O ponto faz um “X” quando puxamos o fio na diagonal, através dos buraquinhos de cada canto, “cruzando” o quadrado.
Há muitos desenhos e estilos por onde escolher. Para se inspirar procure na internet, em revistas ou livros da especialidade, escolha desenhos de 8-bits ou visite o site da DMC, onde encontrará muitas ideias.
Os gráficos indicam o tipo de tecido, cores dos fios e quantas meadas necessita para a realização do trabalho. Vai também precisar de uma agulha, tesoura pequena especial para bordado e um bastidor.

Passo 2: Prepare os fios

Os fios de bordado DMC são compostos por 6 cabos torcidos juntos e fáceis de dividir. Muitos esquemas de ponto de cruz para tela Aida, especificam utilizar só 2 cabos e, portanto, precisa de os separar. No quadro abaixo mostramos o número de cabos.


Encontre o fim do fio da sua meada Mouliné da DMC. Puxe suavemente o fim do fio para fora da meada até ter mais ou menos 45 cm de comprimento e corte. Para separar os cabos, puxe um cabo suavemente até que esteja solto dos outros. Puxe tantos cabos quantos desejar. Para voltar a juntar os cabos, segure-os por uma ponta e sacuda-os suavemente para voltar a juntá-los. Puxando um cabo de cada vez, vai assegurar que os seus pontos sejam perfeitos e planos em vez de torcidos e desalinhados.

Passo 3: Enfie a agulha

Para enfiar a agulha, é mais fácil usar o enfia-agulhas da DMC (Art. 6112). Enfie o orifício da agulha no gancho, enrole o fio no gancho e passe o gancho pelo orifício da agulha e puxe o fio (ver quadro).


Abaixo encontra outras formas de enfiar a sua agulha:


Colocar o fio entre o polegar e o indicador, deixando um pouco de fio. Segurar a agulha com a outra mão e introduzir o fio no orifício da agulha, puxar o fio (ver quadro acima).


Dobre o fio por cima da agulha, formando uma “argola” e segure entre o polegar e o indicador. Retire a agulha da “argola” e pressione a agulha de modo a introduzir a “argola” no orifício da agulha. Puxe a “argola” para o fio ficar enfiado na agulha.

 Passo 4: Prepare o tecido

Para centrar o desenho no tecido tem que encontrar o centro. Dobre o tecido ao meio e depois dobre ao meio outra vez, o centro do tecido é o ponto onde as dobras se encontram. Para marcar o centro, faça uma pequena marca com a caneta hidrosolúvel para tecido.
Cada gráfico determina o tamanho final do desenho de ponto de cruz. Acrescente pelo menos 10 cm para cada lado para emoldurar ou para fazer outros acabamentos.
Não lave o seu tecido antes de o bordar. Lavar vai encolher a trama e dificultar o seu bordado, porque os buraquinhos ficam mais difíceis de ver. O bastidor vai ser uma grande ajuda, se for principiante em ponto de cruz.

Passo 5: Coloque o tecido no bastidor

Na foto abaixo ensinamos a usar o bastidor:


Solte o parafuso da parte de fora do bastidor e separe os aros interior e o exterior. O aro exterior segura o tecido, que está por cima do aro interior.


Coloque o aro interior numa superfície plana. Coloque o tecido por cima, em seguida pressione o aro exterior por cima do tecido até sentir que o aro por baixo fica dentro do aro exterior. Puxe suavemente os cantos do tecido para que fique esticado no bastidor – assegure-se que fica o mais esticado possível para que o tecido não deslize do bastidor. Verifique os fios da trama para que fiquem perfeitamente direitos.


Aperte o parafuso cuidadosamente para que fique seguro. O seu tecido está pronto para bordar.
Agora também está pronta para fazer ponto de cruz! Veja os próximos passos para fazer ponto de cruz básico, assim como começar e terminar.
Dica:  Nunca deixe o seu trabalho no bastidor por muito tempo. Pode criar vincos no tecido difíceis de tirar posteriormente.
Dica:  As suas mãos e superfícies de trabalho devem estar perfeitamente limpas, enquanto borda. Habitue-se a lavar as mãos antes de começar a bordar e afaste bebidas e comidas da área de trabalho.

Passo 6: Como bordar o ponto de cruz

Aqui está o ponto de cruz básico! Isto é tudo o que basicamente precisa para criar belos trabalhos. Trabalhe em linhas horizontais da esquerda para a direita. Para fazer um ponto de cruz, traga a linha de baixo para cima do tecido no buraquinho inferior esquerdo num dos quadrados do tecido (1) e para baixo no buraquinho superior direito do mesmo quadrado (2). Traga a sua agulha de volta para cima no ponto 3 para baixo no 4, para cima no 5 e para baixo no 6. Complete a linha. A linha de retorno é bordada da direita para a esquerda, faça cruzes trazendo a agulha para cima no 9 e para baixo no 10, para cima no 11 e para baixo no 12. Complete a linha de retorno e repita a sequência do bordado até que a área esteja bordada como na figura abaixo.


Dicas:

Certifique-se que os seus pontos estão planos. Se o seu fio ficar torcido enquanto borda, deixe cair a agulha e deixe que fique um pouco pendurada. O fio distorce sozinho.
Certifique-se que todos os seus pontos cruzam para o mesmo lado.
Mantenha sempre a mesma tensão na sua linha.
Trabalhe a linha do desenho em primeiro lugar e as partes de trás no final.
Trabalhe as cores mais escuras primeiro e as cores claras no final.
Às vezes pode fazer apenas alguns pontos numa área e depois “saltar” para outra área com a mesma cor. “Saltar” pode ser mais fácil do que parar e começar, mas quando a extensão é grande corre o risco do fio aparecer através do tecido. Passe o fio, apenas se a área for pequena e se o fio for de cor clara.

Terminar o fio

Para terminar o fio, passe a agulha enfiada através dos últimos pontos no avesso do tecido e corte o fio excedente. Depois da agulha enfiada novamente passe-a por alguns pontos no avesso do tecido para segurar o fio e continuar a bordar (ver quadro).


Como habitualmente encontra todo o material para bordar em ponto de cruz, tela Aida, fios Mouliné, agulhas e acessórios na loja DMC online.



Aqui pode ver uma sugestão para o seu bordado!  

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...